Booking for : Pacote Expedição Fluvial: Parque Jaú no Amazonas

Pacote Expedição Fluvial: Parque Jaú no Amazonas

Baixa temporada
A Partir de R$ 6.305
  • Período 01 fevereiro à 30 junho 2020
  • 4 noites
  • Pensão completa
  • Passeio
  • Hospedagem
  • Base: Duplo

Crianças somente acima de 05 anos


Formas de pagamento

50% de entrada, saldo em até 30 dias de antecedência ao embarque.


Mais informações

Indicado para quem procura experiências com aventura, lazer, e maior contato com a vida selvagem.

Mais informações

  • photo :
  • photo :
  • photo :
  • photo :
  • photo :
  • photo :
  • photo :

Pacote expedição fluvial: Parque Jaú no Amazonas

O maior parque florestal de água doce do mundo ainda há enigmas a serem desvendados.

Pela logística relativamente complicada de acesso, suas trilhas, cachoeiras e igarapés são turisticamente muito pouco explorados.

Macacos, preguiças, botos e aves podem ser observados em pernoites na selva, ou do rio, próximo à hora do pôr-do-sol.

Ariranhas também são comumente avistadas.

Comunidades ribeirinhas, com genuínas manifestações culturais nortistas, dão o toque humano a uma região onde a natureza ainda comanda o espetáculo.

O Parque encontra-se dentro do município de Novo Airão, de onde nossa expedição parte há 200 km de Manaus.

Foi fundado em 1980, e hoje percebe-se claramente uma diferença da região se comparada as áreas não protegidas, no que tange a vida selvagem.

O sistema aquático do Parque e composto por 3 grandes rios (Unini ao norte, Carabinani ao sul e Jaú ao centro) e uma infinidade de pequenos igarapés de águas negras.

O nível de água destes rios apresenta uma grande variação durante o ano.

As matas encontradas nas margens são chamadas de Matas de Igapó, e são submetidas a períodos de 6 a 8 meses de inundação durante o ano.

Esta é a típica floresta tropical úmida, com arvores que chegam a mais de 35 m de altura, como a Samaúma.

Sua diversidade chega a 200 espécies por habitante.

O que iremos fazer

O nosso pacote fluvial no Amazonas tem um leque diversificado de atrações selvagens e humanas.

Oferece escalada em árvores gigantes, mergulho com Botos Cor-de-Rosa, visitação a cachoeiras, aldeias, piscinas naturais, sobrevoo de Parasail, pesca de piranha e navegação por ecossistemas de água negra e barrenta, do Rio Solimões até o coração de Anavilhanas, no Rio Negro onde inicia a expedição até o Parque do Jaú.

Em meio a tudo isso estaremos visualizando jacarés, preguiças, botos e araras, tucanos e outros pássaros em trilhas aquáticas e mirantes.

Consulte o roteiro.

 

Serviços incluídos

  • Liveaboard de 5 dias conforme roteiro
  • Traslados de Manaus a Novo Airão em veículo climatizado
  • Guia bilíngue (inglês/ português)
  • Passeios e atrações de 05 dias.
  • Regime de pensão completa, incluindo 03 refeições diárias, tira-gostos, sucos e água-mineral a vontade, caipirinhas de frutas
  • Mapa fotográfico A3 com o roteiro da expedição, em MP4

Serviços não incluídos

  • Aéreos e taxas de embarque
  • Seguro assistência
  • Hospedagem em Manaus

1º dia: Manaus / Novo Airão / Anavilhanas

Traslado do hotel em Manaus a Novo Airão: embarque 09h00hs em Veículo climatizado;

Chegada a Novo Airão próximo a hora do almoço;

Almoço a bordo;

Sabatina amazônica: rápida explicação da fauna, flora, bacias hídricas, costumes regionais e estudo de mapas para traçado do roteiro;

Distribuição da Cartilha do Ecoturismo no Rio Negro e dos mapas personalizados em formato pdf;

Inicio da Expedição pelo arquipélago de Anavilhanas;

Ancoragem para rápido passeio de voadeira pelas ilhas e lagos próximos;

Provável visualização de Botos Cor-de-Rosa (Inia Geoffrensis) e das aves de época;

Parada para banho com boias no Rio Negro;

Retorno a embarcação, prosseguimos navegando até o Mirante do Madadá;

Jantar a bordo;

Pernoite no camarote do barco ou em redes no Mirante, um bangalô de 2 pisos com banheiro, em meio a floresta, com bela vista para o Rio Negro.

2º dia: Anavilhanas / Madadá

O dia amanhece no Madadá;

Café da manhã regional;

Mergulho com bóias no Rio Negro;

Retorno à embarcação;

Zarpamos com destino a Praia do Sono;

Pescaria de piranhas e visita a comunidade;

Pernoite ancorado na praia (seca) ou no igarapé (cheia);

Salão nas grutas do Madada;

Bangalô no Mirante do Madadá, para pernoite na selva (opcional incluso);

Visita na Cachoeira do rio Pauini.

3º dia: Parque Nacional do Jaú

O dia amanhece na Praia do Sono;

No caminho para o Parque Nacional do Jaú, parada para conhecer as ruínas de Airão Velho e petroglifos (na cheia);

Zarpamos com destino a base do ICMBIO, na entrada do Parque;

Pequena caminhada para visitar a grande arvore da Amazônia, a Samaúma;

Navegando pelo Rio Jaú, rio de águas espelhadas, provável visualização de aves e mamíferos aquáticos;

Estação da Cheia: ancoragem e incursão pelos Igarapés de terra firme do Parque, no intuito de encontrarmos Ariranhas;

Estação da Seca: Incursão pelo rio Pauini, explorando este grande afluente repleto de cachoeiras;

Retorno ao barco;

Navegação até a Comunidade do Aturiá, passeio noturno de canoa pelo rio, com focagem de jacarés e animais noturnos.

4º dia: Parque Nacional do Jaú

Ancoragem na Comunidade do Aturiá;

Passeio pela comunidade e intercâmbio com os moradores, prática de costumes regionais;

Visita a árvore gigante na floresta próxima à comunidade;

Trilha aquática em canoa de pescadores, para visualização do macaco Bicó e outros animais da região;

Banho na cachoeira do rio Jaú (estação da seca);

Retorno a base do ICMBio e saída do parque.

5º dia: Novo Airão / Manaus

Viagem de retorno Jaú-Novo Airão;

Em Novo Airão, interação com Botos Cor de Bosa;

City-tour por Novo Airão, artesanato, oficina de artesãos, e atrações da cidade;

Almoço de despedida no Restaurante Flutuante Flor do Luar;

Traslado Novo Airão;

Manaus, chegada prevista para 15:30 hrs.

 

Orçamento Orçamento
WhatsApp WhatsApp
Ligar Ligar