Booking for : Pacote Expedição Fluvial: Xixuaú no Amazonas

Pacote Expedição Fluvial: Xixuaú no Amazonas

Baixa temporada
A Partir de R$ 9.580
  • Período 01 fevereiro à 30 junho 2020
  • 7 noites
  • Pensão completa
  • Passeio
  • Hospedagem
  • Base: Duplo

Crianças somente acima de 05 anos


Formas de pagamento

50% de entrada, saldo em até 30 dias de antecedência ao embarque.


Mais informações

Indicado para quem procura experiências com aventura, lazer, e maior contato com a vida selvagem.

Mais informações

  • photo :
  • photo :
  • photo :
  • photo :
  • photo :
  • photo :

Pacote Expedição Fluvial: Xixuaú no Amazonas

Arquipélago de Anavilhanas e Parque Nacional do Jaú.

Se dentre todas atrações que a Amazônia oferece, seu maior desejo é contemplar a vida selvagem, este é seu roteiro.

A reserva do Xixuaú localiza-se entre os igarapés do Xixuaú e Xiparinã, na região do médio Rio Jauaperi, um importante afluente do Rio Negro, logo abaixo do Rio Branco.

As praias que surgem na época da seca, o rio Jauaperi, especificamente na Reserva do Xixuaú é o lar intocado de algumas das mais deslumbrantes espécies da fauna Amazônica: ariranhas, peixes-boi, jaburus, quatipurus, macacos arborícolas, entre outros.

Trata-se de uma reserva particular, onde seus moradores decidiram preservar os animais com fins eco turísticos.

Navegando por igarapés de água cristalina, com sorte, no verão podemos observar botos e ariranhas passarem por debaixo de nossas canoas.

O que iremos fazer

O nosso pacote fluvial: Xixuaú no Amazonas você terá um leque de diversidades de atrações selvagens e humanas.

Oferece escalada em árvores gigantes, mergulho com Botos Cor-de-Rosa, visitação a cachoeiras, aldeias, piscinas naturais, cachoeiras selvagens, pesca de piranha e navegação por ecossistemas de água negra e barrenta.

Em meio a tudo isso estaremos visualizando jacarés, preguiças, botos e araras, tucanos e outros pássaros em trilhas aquáticas.

O tradicional futebol na comunidade do Matão, a escolinha-modelo em educação ambiental no igarapé do Matias, dentre outras atividades da cultura cabocla, podem ser conferidas e vivenciadas como alternativa a Intensa experiência selvagem proporcionada por esta expedição.

Recomendado: Pra quem procura vivência profunda da Amazônia e maior contato com nativos e vida selvagem.

Consulte o que o roteiro.

Serviços incluídos

  • Liveaboard de 08 dias
  • Traslados de Manaus a Novo Airão em veículo climatizado
  • Guia bilíngue (inglês/ português)
  • Passeios e atrações
  • Regime de pensão completa, incluindo 03 refeições diárias
  • Mapa fotográfico A3 com o roteiro da expedição, em MP4

Serviços não incluídos

  • Aéreos e taxas de embarque
  • Seguro assistência
  • Hospedagem em Manaus
  • Traslados para o píer do hotel

1º dia: Manaus / Novo Airão / Anavilhanas

Traslado hotel barco Novo Airão.

Acomodação na embarcação contratada - Saída as 08:30 a 09h00hs em Veículo climatizado.

Chegada a Novo Airão próximo a hora do almoço.

Almoço a bordo.

Rápida explicação da fauna e flora, costumes regionais e estudo de mapas para traçado do roteiro

Inicio da Expedição pelo arquipélago de Anavilhanas.

Ancoragem para rápido passeio de voadeira pelas ilhas e lagos próximos.

Parada para banho com boias no Rio Negro.

Retorno a embarcação e iremos prosseguir navegando até o Mirante do Madadá.

Jantar a bordo.

Pernoite no camarote do barco ou em redes no Mirante

2º dia: Anavilhanas / Madadá

O dia amanhece no Madadá.

Café da manhã regional

Trekking de 3hs (ida e volta) em floresta primária até as Grutas do Madadá.

No retorno, passeio por sítio caboclo.

Mergulho com bóias no Rio Negro.

Retorno à embarcação.

Zarpamos com destino a Praia do Sono.

Pescaria de piranhas e visita a comunidade.

Pernoite ancorado na praia (seca) ou no igarapé (cheia).

3º dia: Parque Nacional do Jaú

O dia amanhece na Praia do Sono.

No caminho para o parque Nacional do Jaú, parada para conhecer Airão Velho, comunidade ribeirinha Mirituba e petróglifos.

Zarpamos com destino a base do ICMBIO, na entrada do Parque.

Pequena caminhada para visitar a grande arvore da Amazônia, a Samaúma.

Navegando pelo Rio Jaú, rio de águas espelhadas, provável visualização de aves e mamíferos aquáticos.

Estação da Cheia: ancoragem e incursão de voadeira pelos Igarapés de terra firme do Parque, no intuito de encontrarmos Ariranhas

Estação da Seca: Incursão pelo rio Pauini, explorando este grande afluente repleto de cachoeiras como a do Preto ou Carabinani.

Retorno ao barco.

Navegação até a Comunidade do Aturiá e passeio noturno de canoa pelo rio, com focagem de jacarés e animais noturnos.

4º dia: Rio Jauaperi / Igarapé do Matias

Navegação pela Encosta dos Pássaros, até a vila de Moura, que é a maior comunidade do Rio Negro, com cerca de 700 habitantes.

Desembarque, intercambio local. Esta é a última localidade para possível compra de conveniências.

Retorno a navegação e entrada pelo Rio Jauaperi.

Próximo a hora do Por-do-Sol, chegamos a comunidade do Xixuaú, no inicio da reserva.

5º dia: Reserva do Xixuaú

Após café da manhã, desembarque na comunidade do Xixuaú, tour de reconhecimento e intercambio com os moradores.

Preparo do grupo para as trilhas aquáticas nos lagos e igapós da reserva, em pequenas canoas a remo (2 passageiros máx), com guia local,

Visualização de ariranhas, botos, tucanos, provável de macacos arborícolas colhendo frutas no igapó, dentre outros animais.

Retorno do passeio e almoço abordo.

Visita a Samaúma, árvore gigante, maior espécie arbórea da região.

Incursão com canoas a remo nos lagos para pesca recreativa, avançando até a boca da noite.

Focagem de jacarés e animais noturnos.

6º dia: Reserva do Xixuaú

Antes do café da manhã, observação de jacarés na beira do rio, no porto da comunidade.

Café da manhã a bordo.

Após café da manhã na maloca da comunidade, mini expedição para acampamento com pernoite na floresta, em local privilegiado para observação da vida selvagem (opcional incluso).

O trajeto até o local é feito de canoa, em igarapés de água cristalina, com paradas para Mergulho com máscaras em observação da vida aquática.

Montagem do acampamento, construção do tapiri (casa onde armamos as redes).

Almoço.

Fogueira, bate-papo, contos e folclores das criaturas da mata.

7º dia: Reserva do Xixuaú

Navegamos pelo Rio Jauaperi até o Igarapé do Matias, onde conhecemos um modelo de Escolinha.

Comunitária alternativo, com práticas de educação ambiental e difusão da cultura local.

O dia amanhece na floresta.

Preparo do café da manhã.

Trekking de 3hs em floresta primária, mata adentro, no intuito de visualizarmos aves e mamíferos terrestres (Macacos, Antas, Preguiças, Queixadas)

Momentos de contemplação em logradouros especiais.

Retorno para embarcação e almoço a bordo.

Reunião de despedida na maloca central, exposição de artesanato local e caipirinha de confraternização.

Às 15h00hs: Inicio da navegação de retorno (non-stop).

8º dia: Novo Airão

Chegada a Novo Airão prevista para 10hs da manhã.

Observação de Cetáceos no flutuante Boto Cor de Rosa.
City-tour por Novo Airão, artesanato, oficina de artesãos, estaleiros de construção naval e atrações da cidade.

Almoço de despedida no Restaurante Flutuante Flor do Luar.

Traslado Novo Airão - Manaus, chegada prevista para 15:30 hs.

Obs.: Para efeito de preservação do roteiro, alguns nomes de logradouros são fictícios.

Orçamento Orçamento
WhatsApp WhatsApp
Ligar Ligar